Teatro da Cidade promove mostra virtual com artistas aprendizes

 

O Teatro da Cidade, espaço em homenagem ao ator Walmor Chagas, em São José dos Campos, promove a primeira “Mostra de Montagens em Processos”, por meio da plataforma digital Zoom, das turmas 1 e 2 do Curso Profissionalizante de Teatro, coordenado pela Cia. Teatro da Cidade, que completa 30 anos de existência em 2020.  

Na quarta-feira, 1 de julho, às 19h, será apresentada a comédia “Esse trem chamado desejo”, de Luís Alberto de Abreu, com direção de Simone Carleto, e na sexta, 3, também às 19h, “Teresa.doc”, inspirado na obra “Cordel do amor sem fim”, de Claudia Barral, com direção de Lucas Gonzaga.

Os ingressos são limitados e no sistema “Pague quanto Puder” por meio de vaquinha virtual. Informações pelo WhatsApp (12) 99741-1801. 

“Esse trem chamado desejo”

A primeira turma de artistas aprendizes apresentará cenas da obra “Esse trem chamado desejo”, uma narrativa do processo vivenciado para a criação da concepção do espetáculo e das personagens da peça, seguida de debate com o elenco e direção. Ainda no mês de julho, a cada dia, o coletivo lançará episódios gravados, relativos às cenas de toda obra, por meio de programas de rádio portátil (podcasts), tendo como inspiração as radionovelas e o radioteatro.

“Teresa.doc”

“Teresa.doc” é o breve documentário sobre o amor e a espera, produzido pela segunda turma de artistas aprendizes, que iniciou o curso em março de 2020. A obra, inspirada no texto “Cordel do amor sem fim”, é uma resposta imediata às condições fulcrais da atualidade: uma turma de jovens artistas se debatendo com os princípios do jogo e da ação dentro de suas casas, isolados e sem o contato com o outro.

Por que a Mostra?

A “Mostra de montagens de processos” foi a forma encontrada pelos profissionais envolvidos no curso e nas produções dos espetáculos para tornar público o trabalho de finalização do semestre, já que as aulas presenciais foram suspensas. O resultado possibilita a qualidade da formação por meio da linguagem teatral, de forma virtual, além de permitir a prática e a pesquisa com novas formas de criação poética dos artistas da cena.

Serviço:

“Mostra de montagens de processos”

01 de julho, 19h, processos da comédia “Esse trem chamado desejo”, de Luís Alberto de Abreu, direção de Simone Carleto.

03 de julho, 19h, “Teresa.doc”, inspirado na obra “Cordel do amor sem fim”, de Claudia Barral, direção de Lucas Gonzaga.

Informações e reservas de ingressos: (12) 99741-1801