Covid em Guarulhos: região Centro tem mais casos; no Pimentas a maior letalidade

 

A Região de Saúde Centro concentra o maior número de casos confirmados de Covid-19, mas tem a menor letalidade do município: 6%. São 5.390 pessoas infectadas e 325 óbitos.

O segundo lugar em notificações positivas é a Região Cantareira, com 4.741 registros do novo coronavírus, 318 mortes e letalidade de 6,7%.

Na Região São João/Bonsucesso são 3.573 casos confirmados de Covid-19 e 229 óbitos, taxa de letalidade de 6,4%.

A Região Pimentas/ Cumbica reúne 3.505 pessoas infectadas, com 266 mortes, o que corresponde a uma letalidade de 7,5%, a maior da cidade.

Os dados de bairros separados por regiões estão disponíveis no site da Prefeitura (https://www.guarulhos.sp.gov.br/index.php/unidades-basicas-de-saude-ubs).



Letalidade cai mais um pouco em Guarulhos

A letalidade da Covid-19, que ficou um bom tempo em 7% em Guarulhos e, desde sexta-feira passada estava em 6,6%, caiu para 6,58% nesta quinta-feira (13). Enquanto isso, a taxa de cura se mantém em alta: 90,4% com mais de 15.600 pessoas recuperadas até agora.

Os dados são do Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde. Segundo o relatório, 17.284 casos do novo coronavírus e 1.138 óbitos já foram confirmados na cidade, além de outros dez que seguem sob investigação. Também foi mantida em 68,9% a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 nesta data. Já a de enfermaria caiu de 62,2% para 61,7%.
 
Nesta quinta-feira, mais quatro pessoas deixaram o Hospital de Campanha do Centro de Combate ao Coronavírus (3CGRU) e voltaram para casa, além de outra que foi transferida. Em menos de 15 dias, foram 39 altas hospitalares no 3CGRU, que está atualmente com 49 pacientes internados, sendo 32 em enfermarias, 16 em UTIs e um em observação.

O Boletim Epidemiológico desta quinta-feira traz também a confirmação do diagnóstico para Covid-19 de uma morte ocorrida em maio, outra de julho e de mais duas deste mês. Entre as vítimas estão uma mulher e três homens com idades entre 30 a 80 anos ou mais.


Idosos somam mais de 70% dos óbitos

A maioria dos óbitos pelo novo coronavírus no município ocorre na população idosa, na qual foram registrados 70,13% do total de mortes, sendo 24,87% na faixa etária de 60 a 69 anos, 22,41% na de 70 a 79 anos e 22,85% na de 80 anos ou mais. Enquanto isso, as pessoas de 30 a 39 anos seguem liderando o número de casos novos na cidade com 23,44% das ocorrências, seguida dos adultos de 40 a 49 anos (22,78%). Nesta semana, 75 notificações de Covid-19 atribuídas a Guarulhos não possuem informações sobre o endereço dos pacientes.