Manifestação de moradores de ocupação bloqueia Ponte dos Remédios e Marginal Tietê em SP

 

Um protesto de moradores de uma ocupação da Vila Leopoldina, na Zona Oeste de São Paulo, interditou a Ponte dos Remédios e a Marginal Tietê, na manhã desta segunda-feira (26).

Os manifestantes pediam o restabelecimento do fornecimento de água e energia elétrica na ocupação. O mesmo grupo já tinha realizado um protesto no mesmo local na última sexta-feira (23).

Por volta das 7h20, a ponte estava totalmente bloqueada e os veículos que passavam pelo local ficaram presos. Como alternativa, o motorista que seguia no sentido da Vila Leopoldina podia pegar a Avenida Doutor Gastão Vidigal. Já quem estava na Marginal Tietê no sentido Cebolão e queria acessar a Vila Leopoldina deveria seguir pela Rua Lisboa ou pela Rua Frei Egídio Laurent.

Logo depois, por volta das 8h10, os manifestantes liberaram o trânsito na ponte e interditaram a Marginal Tietê, no sentido Castello Branco, na altura da Ponte dos Remédios. As pistas da via local e central estavam bloqueadas e os veículos conseguiam trafegar pela via expressa. Alguns carros que estavam na pista central, voltavam na contramão para acessar a via expressa. O congestionamento chegou a 5 km. O motorista também encontrava lentidão na pista marginal da Rodovia Castello Branco, do km 18 ao 13, devido ao reflexo da manifestação. Às 8h50, a via expressa da marginal também foi interditada.

A Polícia Militar e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) acompanhavam o protesto.

Reprodução TV Globo