Sob emoção, lançada nova edição do “Semente da Paz”

Na noite de sexta-feira, 8/11, o espaço anexo à biblioteca da Faculdade Anhanguera, no bairro do Macedo, região central de Guarulhos, ficou totalmente lotado, com alunos e familiares da Escola Estadual Professora Odete Fernandes Pinto da Silva, no evento de lançamento da 13a. edição do livro “Semente da Paz”, a sexta dessa unidade de ensino.

O projeto Semente da Paz teve início em 2012, idealizado pela professora Jane Rossi. Consiste em estimular os estudantes a escrever poemas tendo a paz como tema; uma comissão de professores analisa as poesias inscrita, faz uma seleção e a cada ano é lançado um livro, com dezenas de autores. Neste ano, foram 71 os classificados, incluindo estudantes do segundo ciclo do ensino fundamental, do nível médio e da EJA – Educação de Jovens e Adultos.

O evento contou com a presença do supervisor de ensino da Diretoria Regional de Ensino Guarulhos-Norte Alexandre de Paula Franco, que em sua fala enalteceu o trabalho desenvolvido pela equipe da EE Odete Fernandes e incentivou os alunos a cultivar a paz em todos os sentidos, como elemento fundamental para a democracia e pleno exercício da cidadania.

Também fizeram parte da mesa oficial a diretora Shirlene Dantas de Lima Costa, a vice-diretora Jane Aparecida Barbosa e o escritor homenageado nessa edição, o jornalista Valdir Carleto, diretor do portal Click Guarulhos e das revistas Guarulhos (RG) e Weekend. O jornalista José Augusto Pinheiro, ex-presidente da Academia Guarulhense de Letras, atuou como mestre de cerimônia. A atriz Bianca Chapelina interpretou um anjo, como estátua viva, adornando o ambiente com sua arte.

Ao discursar, Carleto elogiou a iniciativa de Jane Rossi, citou que várias outras escolas já produziram edições e desejou que muitas outras o façam, “espargindo sementes de paz por todo o Brasil e pelo mundo”. Lembrou que o hábito da leitura aprimora conhecimentos, amplia o vocabulário e as chances de sucesso no mercado de trabalho, qualquer que seja a profissão escolhida; recomendou que se procure ler a mesma notícia em vários meios de comunicação, para desenvolver o espírito crítico e a capacidade de discernimento. Agradeceu a homenagem recebida, ressalvando que, ao divulgar o projeto desde o início, nada mais fez “do que cumprir o dever profissional de difundir uma iniciativa que merece todos os elogios”.

Um a um, os autores foram chamados à frente para receber seu exemplar do livro e um certificado de sua participação. Em um misto de alegria e emoção, os alunos demonstraram satisfação em ver suas criações eternizadas em uma obra literária. Os professores que fizeram parte da equipe foram saudados. Ao final, todos os professores da casa presentes perfilaram-se à frente, para aplausos do público.

No encerramento, Valdir Carleto declamou a letra da música “Sonho impossível”, com conteúdo que motiva todos a não se sentirem pequenos diante de grandes desafios.